Aperta o botão

Copie o código Audima:

sábado, 9 de novembro de 2019

Em 1º discurso livre, Lula agradece militantes e ataca PF e MPF Em

 seu primeiro pronunciamento depois de sair da prisão, Luiz Inácio Lula da Silva (PT) agradeceu hoje a militância que permaneceu em Curitiba durante os quase 19 meses em que ele esteve preso.

O político também atacou a Polícia Federal (PF), em cujo prédio no Paraná Lula cumpriu prisão, e o Ministério Público Federal (MPF).

O ex-presidente Lula saiu no fim da tarde de hoje da prisão da PF em Curitiba após decisão judicial e subiu diretamente em um palanque upara falar com os cerca de 200 militantes presentes no local.

“580 dias gritaram aqui: ‘bom dia, Lula, boa tarde, Lula, boa noite, Lula. Não importa se estivesse chovendo, que estivesse 40 graus, que estivesse zero grau. Todo santo dia, vocês eram o alimento da democracia”, afirmou.

Na sequência, criticou forças da Justiça. “Trabalharam para tentar criminalizar a esquerda, o PT, o Lula. E eu não poderia ir embora daqui sem poder cumprimentar vocês [mlitantes]”. “Eu quero dizer para vocês que, se pegar o [Deltan] Dallagnol, se pegar o [Sergio] Moro, se pegar alguns delegados que fizeram inquérito, enfiar um dentro do outro e bater no liquidificador, o que sobrar não é 10% da honestidade que eu represento nesse país”, afirmou Lula no discurso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

As mais visitadas