Copie o código Audima:

segunda-feira, 7 de outubro de 2019

Em entrevista, Travesti Bia Beatriz nega que tenha sido vitima de agressão


A travesti Bia Beatriz negou em entrevista ao programa Patrulha da Cidade, da TV Ponta Negra, que tenha sido agredida antes de sofrer mal súbito em um bar no centro de Mossoró. Bia relatou que bebeu bastante no dia da queda.

A deputada estadual Isolda Dantas (PT) e um grupo de feminista da cidade, chegaram a emitir notas pedindo a Polícia Civil que investigasse a queda de Bia, ocorrido na manhã do dia (16) de agosto. O grupo e a deputa suspeitava que a travesti tinha sido vítima de crime de homofobia.
A polícia chegou a investigar o caso, mas com o depoimento de Bia e os laudos médicos concluiu que a mesma sofreu apenas um mal súbito.
“Não aconteceu nada disso comigo. Eu sou homossexual e não quero que nada aconteça com os outros, mas creio eu que tenha sido a bebida, porque eu tava bebendo muito, aí deu a leseira e cai (SIC)”, contou Bia a reportagem.

Mossoró Noticias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

As mais visitadas