Copie o código Audima:

quarta-feira, 18 de setembro de 2019

Garota de 22 anos morre após explosão de churrasqueira, a festa acabou em desespero e bombeiros fazem alerta

Na manhã desta última segunda-feira (16), morreu uma jovem de 22 anos, Natali Steffani Martins estava em uma festa no domingo, dia 15, quando a churrasqueira explodiu e ela teve 98% do corpo queimado. A família estava reunida em casa, em Vera Cruz, a pouco mais de 400 quilômetros de São Paulo.

Testemunhas disseram que Natali estava com o marido de 23 anos, Wellington Martins e foram usar álcool para acender a churrasqueira quando a tragédia aconteceu. A forte explosão assustou a todos e a jovem acabou ficando com queimaduras por quase todo corpo.

Imediatamente ela foi levada para a Santa Casa de Marília, São Paulo, mas ela acabou vindo a óbito. A polícia está investigando o caso e já sabe que o casal recebeu alguns amigos em casa para um churrasco que seguiu por toda madrugada. Quando Wellington e Natali resolveram colocar mais carne para assar, viram que era preciso reacender a churrasqueira e pegaram o álcool.

Esta churrasqueira era do modelo portátil, sendo montada sempre que é utilizada. De acordo com o Corpo de Bombeiros de Marília, nunca se deve utilizar álcool e nenhum outro líquido inflamável para acender churrasqueira, pois o risco de explosão é muito grande. Além de queimar as pessoas próximas também pode dar início a um incêndio.

“Estes líquidos são voláteis e liberam vapores que tendem a se concentrar e no momento em que entram em contato com a faísca ou o fósforo podem vir a explodir”, informou os bombeiros.

No velório, todos estavam arrasados, familiares e amigos nem conseguiam acreditar que a jovem morreu de forma trágica

Nenhum comentário:

Postar um comentário

As mais visitadas