domingo, 22 de setembro de 2019

Bandido tem que ser tratado como bandido”, diz deputado federal do RN


O Ministério da Justiça mantém uma rotina de apreensões de armas e munições em presídios de todo o país. Uma delas aconteceu no Pará, e ganhou repercussão nas redes sociais do ministro da pasta, Sergio Moro. O assunto acabou sendo comentado também pelo deputado federal do Rio Grande do Norte, general Girão Monteiro (PSL). Para o parlamentar, “bandido tem que ser tratado como bandido”.

“Lamentamos quem decide ir para o lado do crime. As famílias de bem sofrem muito com o destino de seus filhos e filhas. Mas, somos responsáveis por nossas escolhas. Bandido tem que ser tratado como Bandido. Todo o meu apoio ao Pacote Anticrime e às Forças Policiais”, disse o parlamentar.

Girão havia compartilhado exatamente o comentário feito por Moro. “Força Tarefa de Intervenção Penitenciária do DEPEN/MJSP encontrou pistolas, revólver, vasta munição e celulares em cela de presídio no Pará, no que era para ser um centro de ressocialização. Cadeias não podem ser bunkers para criminosos. Estamos agindo. Parabéns à equipe”, disse o ministro.

Fonte: Portal Grande Ponto 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

As mais visitadas