terça-feira, 14 de maio de 2019

Julgado por assassinato da ex- companheira é condenado a 15 anos de prisão


Oliveira Carlos de Araujo, de 44 anos, julgado nesta terça feira,14 de maio de 2019 pelo assassinato de sua ex-namorada, Cristiane Bezerra de Moura Câmara, na época com 38 anos, foi condenado a 15 anos de prisão no regime fechado. O crime aconteceu no dia 27 de julho 2015 em uma academia de ginástica no Bairro Dom Jaime Câmara em Mossoró. Quase quatro anos depois, o acusado do crime foi a julsgamento popular.

O Conselho de setença, formado por membros da sociedade mossoroense, acatou a tese levantada pelo ministério público estadual, que pediu a condenação do réu, por homicidio duplamente qualificado. A defesa do réu feita pelos advogados, Francisco Simone e Lúcio Ney, tentou desqualificar o crime para homicídios simples, mas sem êxito.

A setença de 15 anos de prisão foi prolatada pela juiza Welma Menezes, que presidiu a sessão de julgamento realizada hoje no Forum Silveira Martins. Após ler a setença, a Dra. Welma expediu o mandado de prisão e determinou que o sentenciado foi conduzido ao Sistema Prisional para cumprimento da pena.

Os dois advogados de defesa, informaram que entrarão dentro de cinco dias, com o pedido de anulação do juri, junto ao Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, por não concordarem com a decisão dos jurados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

68º Homicidio em Mossoró 2019: Jovem é executado a tiros no Conjunto Jardim das Palmeiras nas Malvinas

 Um jovem identificado como Jhonatan Neves da Costa Sousa, 18 anos  foi executado a tiros na manhã desta quinta feira, 23 de maio de 2019 ...