domingo, 5 de maio de 2019

A superlotação no Hospital Tarcísio Maia está prejudicando o atendimento do Samu em Mossoró

O Samu, considerado um dos mais importantes e eficientes serviços de atendimento de saúde a população em Mossoró, amanhece o dia praticamente parado, com parte de seus equipamentos, “as macas” presas no Hospital Regional Tarcísio Maia. O problema é antigo e volta a se agravar na manhã de hoje.

Segundo informações, as macas das unidades do Samu estão ficando retidas com os pacientes, nos corredores, por falta de espaço no hospital. É um vexame, a cada ocorrência feita pelas equipes de plantão no Samu. Sem solução aparente, médicos, técnicos e socorristas cruzam os braços aguardando o chamado a liberação dos equipamentos, enquanto os pedidos de socorro se acumulam.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Internos da Penitenciária de Caicó ingressaram no Ensino Superior por meio do Enem

Dois internos do sistema prisional do Rio Grande do Norte que cumprem pena na Penitenciária Estadual do Seridó (PES), em Caicó, tiveram ...