sábado, 30 de março de 2019

Policial natural do Nordeste é executado a tiros no Rio de Janeiro


O policial militar identificado como Cícero Fernandes da Silva, de 43 anos, natural de Teresina, foi morto na manhã desta sexta-feira (29), quando saía de casa, na Rua Cuba, no bairro Jardim América, em Itaguaí, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. 

Cícero era lotado no 14º Batalhão de Polícia Militar (Bangu). Ele é o 12º policial militar assassinado no Rio de Janeiro em 2019.

De acordo com informações do 24ºBPM (Queimados), o sargento estava de folga quando foi atacado a tiros por criminosos armados. O militar foi atingido e não resistiu aos ferimentos.

Em nota, a Polícia Militar lamentou a morte do sargento Cícero Fernandes da Silva, que estava há 17 anos na corporação. Cícero era casado e tinha dois filhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Viciado em jogo on-line tenta matar mãe e padrasto após wi-fi ser desligado

Um homem de 29 anos, viciado em jogo por smartphone, tentou matar a mãe e padrasto após eles desligarem o roteador de wi-fi na casa em...