terça-feira, 5 de março de 2019

BEBÊ ENVENENADA RECEBE ALTA DE HOSPITAL; NAMORADO DA AVÓ MATERNA É SUSPEITO


A bebê que foi envenenada e estava no Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol) recebeu alta nesta segunda-feira (4), em Goiânia. Segundo o Conselho Tutelar, que acompanha o caso, a neném ficou seis dias internada, mas já está fora de perigo e foi entregue à mãe.
O principal suspeito de dar veneno à vítima, segundo a Polícia Civil, é o namorado da avó materna, que está preso por tentativa de homicídio de uma ex-companheira.
“A mãe e a avó levaram a bebê ao hospital porque viram que ela estava espumando a boquinha e que a espuma tinha um cheiro muito forte. Pelo cheiro, elas concluíram que era um veneno usado para matar mandruvás [lagartas], que só a avó e o namorado dela sabiam onde estava”, disse a conselheira tutelar Vera Lúcia Pereira da Silva.
Ainda segundo a conselheira, durante a internação, o pai e a avó paterna da bebê é que ficaram responsáveis por ela. Agora que a vítima foi liberada, voltou para a casa da mãe e da avó, onde mora, no setor Jardim do Cerrado.
A Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) investiga o caso de envenenamento. A delegada responsável para saber novidades sobre o caso, mas as ligações feitas entre no início da tarde não foram atendidas.
O suspeito está preso desde quinta-feira (28) e negou ter cometido o crime, em depoimento à corporação.
No hospital, a avó da vítima contou à delegada que só ela própria e seu namorado sabiam do local onde ficava um frasco de veneno para carrapatos, conhecido como barragem, e que a substância tinha sumido.
Gomes afirmou que as investigações do caso continuam e outros parentes da vítima ainda serão ouvidos formalmente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Colisão carro com moto deixa uma pessoa morta em Caraúbas.

A policia militar foi acionada na manha desta sexta feira para a RN 233, um trecho entre a UFERSA e o contorno da cidade de Caraúbas. U...