quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

Polícia Federal realizou nova apreensão recorde de cocaína no Porto de Natal


A Polícia Federal em operação conjunta com a Receita Federal realizou na noite desta quarta-feira, 13, a maior apreensão de cocaína da história do Porto de Natal, cuja ação ocorreu menos de 24 horas após uma apreensão de 1,27 toneladas da mesma substância, até então, considerada a marca recorde anterior.

Nessa ação foram encontradas 2,07 toneladas em meio a um carregamento de melões no interior de um container que seguiria para a Europa (Holanda). O embarque da carga, contendo um total de 1.832 tabletes da droga, aconteceria na manhã desta quinta-feira.

A descoberta do entorpecente se deu em decorrência da intensificação do trabalho de fiscalização realizado pela PF e pela RFB no terminal portuário de Natal. As investigações agora terão prosseguimento com o objetivo de se identificar a autoria desse crime de tráfico internacional de drogas, cuja pena varia de 7 a 25 anos de reclusão.

A Polícia Federal acredita que essas apreensões ocorridas nas últimas 48 horas reforçam a importância das reuniões da Comissão Estadual de Segurança Pública nos Portos, Terminais e Vias Navegáveis (Cesportos), que o órgão pretende realizar ao longo deste ano.

Essa mesma comissão, que é presidida pela PF, tem como missão prevenir e reprimir os atos ilícitos nos portos, terminais e vias navegáveis. A PF, somente nos últimos oito meses, já apreendeu 5,09 toneladas de cocaína na região metropolitana de Natal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Internos da Penitenciária de Caicó ingressaram no Ensino Superior por meio do Enem

Dois internos do sistema prisional do Rio Grande do Norte que cumprem pena na Penitenciária Estadual do Seridó (PES), em Caicó, tiveram ...