Namorada é presa suspeita de matar sargento da PM em São Gabriel de Goiás

Testemunhas relataram que ouviram casal discutindo e, em seguida, os disparos. Mulher foi presa junto com ex-marido, que, segundo a polícia, ajudava na fuga.
Luciano da Silva Melo e Maria Rosa Viana dos Santos eram namorados —
Uma mulher foi presa na quarta-feira (7) suspeita de matar o n
amorado dela, um sargento da PM em São Gabriel. Testemunhas relataram à polícia que ouviram uma discussão entre os dois e, em seguida, o barulho de um disparo. Ela foi presa após procurar o ex-marido para pedir ajuda para fugir.
Luciano da Silva Melo, de 52 anos, estava em casa com a namorada, Maria Rosa Viana dos Santos, de 37. Durante uma discussão, testemunhas disseram que ouviram o policial pedindo a arma dele de volta. Na sequência, houve o disparo e ela deixou a casa em um carro branco.
Durante as investigações, a Polícia Militar conseguiu informações que ela teria ido para Planaltina, no Entorno do Distrito Federal, para pedir ajuda. Ao chegarem ao local, os policiais encontraram o veículo, mas não tinha ninguém na casa.
Durante patrulhamento, a PM encontrou os dois em outro carro. O ex-marido de Maria, Gabriel Lino Gomes, de 59 anos, disse aos militares que ela havia confessado o crime a ele e pedido ajuda para sumir com a arma.
O homem, então, abandonou a arma em um matagal. Ao ser preso, ele apontou com precisão onde ela estava. Os dois foram levados para a delegacia de Planaltina. Os dois estão sendo interrogados na manhã desta quinta-feira (7). O sargento estava há 25 anos na corporação e era lotado em Planaltina.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Policial é estuprada por oito menores e morta com 32 facadas na zona norte do Rio de Janeirori

Tragédia: Garota de 19 anos morre após tentar fazer sexo com foguete em motel

Homem deixa esposa para ficar com o sogro