sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

Briga entre facções criminosas pode ter provocado morte de homem na Paraíba


Jackson Coelho de Lima, 24 anos, estava indo trabalhar na manhã desta sexta-feira (8) quando foi atingido por três tiros de arma de fogo. O crime aconteceu na comunidade do Onze, em Santa Rita, Região Metropolitana de João Pessoa.
De acordo com a mãe da vítima, Ana Paula, o filho era trabalhador e pegava frete na feira para sustentar os dois filhos. Jackson já foi preso por porte ilegal de arma. Na época ele foi encontrado com duas espingardas calibre 12, mas pagou fiança e foi liberado.
Testemunhas relataram que a morte de Jackson pode ter sido motivada por uma briga entre facções criminosas do Onze e do Açude. A perícia constatou que Jackson foi atingido por três tiros de revólver 38, dois na cabeça e um na coxa. A autoria e a motivação do crime ainda são desconhecidos para a polícia. A partir de agora, o caso será investigado pelo núcleo de homicídio da capital.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Moro autoriza envio da Força Nacional para combater desmatamento

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, autorizou hoje (24) o uso de efetivo da Força Nacional para apoiar o Instituto N...