terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

Após 3 dias desaparecido, idoso com problemas psiquiátricos é encontrado em mata de Pilar de Goiás


O idoso, que possui problemas psiquiátricos, foi achado com vida numa mata da região, confuso e desorientado.
Um idoso que estava desaparecido desde a última sexta-feira (1/2) em Pilar de Goiás, um pequeno município localizado a 250 quilômetros de Goiânia, foi encontrado ontem, segunda-feira (4/2), após algumas horas de buscas dos bombeiros com cães farejadores. O idoso, que possui problemas psiquiátricos, foi achado com vida numa mata da região, confuso e desorientado.
O Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Goiás (CBMGO) foi acionado ontem para atender a ocorrência de desaparecimento do idoso. Segundo informações da corporação, a família procurava por ele desde sexta-feira, quando percebeu que o idoso, que possui problemas psiquiátricos, havia desaparecido numa zona rural na região de Pilar de Goiás, onde reside.
Os familiares procuraram por ele todo o fim de semana. Como não encontraram, pediram ajuda das autoridades na segunda-feira. De posse das informações sobre o desaparecimento, bombeiros de Anápolis e Ceres se deslocaram para um mata, nas proximidades de onde o idoso havia desaparecido.
Após algumas horas de buscas, os cães farejadores da corporação finalmente encontraram. O idoso estava no meio da mata, felizmente com vida, mas muito confuso e desorientado.
Ele foi conduzido para o Centro Municipal de Saúde de Pilar de Goiás. A reportagem do Dia Online segue tentando obter um boletim médico do idoso
Ao contrário do caso do idoso desaparecido em Pilar de Goiás, caso semelhante em Silvânia terminou em tragédia
Um caso de idoso desaparecido, também com problemas mentais, registrado em dezembro do ano passado não terminou tão bem como o de Pilar de Goiás. Manoel Abreu, de 78 anos, que desapareceu no dia 13 de dezembro, foi encontrado morto na manhã de terça-feira (18/12) em uma área de plantio de lavoura, próximo ao Ginásio Anchieta, em Silvânia, a 84 km de Goiânia.  O filho dele, que fazia buscas com um grupo de conhecidos, foi quem encontrou o corpo. Segundo a família, o senhor sofria com Alzheimer e a suspeita é ele que tenha saído de casa e, por conta da doença, não conseguiu retornar.
Segundo a Polícia Civil (PC) na época, alunos de uma escola que fica próxima ao local onde o idoso foi encontrado informaram ao grupo que realizava as buscas que haviam visto o idoso anteriormente caminhando pelas imediações. O grupo então reforçou as buscas pela região e localizou o corpo de Manoel na lavoura.
De acordo com a corporação, ele estava deitado, sem camisa e em estado de decomposição. Após a localização, PM e PC foram acionadas e realizaram os procedimentos de praxe.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Homem morre atropelado por suspeito que fugia com carro roubado em Campina Grande

Um homem que estava sentado na frente de casa morreu depois de ser atropelado por um homem suspeito de roubar um carro, em Campina Grande....