Acusada de matar o pai no Giselda Trigueiro ganha a liberdade


Despacho do 3º Juiz de Direito Auxiliar, José Armando Ponte Dias Júnior, da Segunda Vara Criminal de Natal, com  data de segunda feira, 04 de fevereiro, traz a revogação da prisão preventiva de Fernanda Daniely de Oliveira Rocha, 27 anos, acusada de matar o pai José Evangelista da Rocha (60 anos). Fato este ocorrido na Unidade de Tratamento Intenso (UTI) do Hospital Giselda Trigueiro, em Natal em janeiro de 2019.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Policial é estuprada por oito menores e morta com 32 facadas na zona norte do Rio de Janeirori

Tragédia: Garota de 19 anos morre após tentar fazer sexo com foguete em motel

Homem deixa esposa para ficar com o sogro