domingo, 6 de janeiro de 2019

JUSTIÇA DETERMINA PAGAMENTO IMEDIATO DE 13° A ESCRIVÃES

Associação dos Escrivães de Policia do RN (Assesp) impetrou ação contra Estado. Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil
O estado do Rio Grande do Norte terá de pagar imediatamente o 13º salário de 2018 aos escrivães ativos e inativos de Polícia Civil. É o que ordena uma decisão judicial deferida pela juíza Eveline Guedes Lima, atendendo a ação impetrada pela Associação dos Escrivães de Policia do RN (Assesp/RN). A Justiça já havia determinado que o Governo do RN regularizasse o 13º de 2018 dos agentes da Polícia Civil.
A ação foi ajuizada pelo advogado Paulo Pinheiro na sexta-feira (4) e julgada no plantão judiciário. A determinação prevê multa de R$ 10 mil por dia em caso de descumprimento. “Diante das crescentes incertezas de pagamento, precisamos fazer o nosso trabalho que é garantir os direitos dos nossos associados, razão de existir da Assesp. A notícia chega como um alento aos escrivães de Polícia Civil, que sequer receberam seus salários de dezembro de 2018, e continuam sem perspectiva”, afirmou a presidente da Assesp, Carolina Campos.
Além do 13º salário deste ano, a categoria dos escrivães reclamam o atraso no benefício referente ao ano de 2017 (para os servidores que ganham acima de R$ 5 mil) e folhas salarias de novembro/2018 (para os servidores com salário superior a R$ 5 mil) e dezembro/2018.
O governo Fátima Bezerra (PT) anunciará na segunda-feira (7) como e quando será feito o primeiro pagamento salarial da nova gestão e deverá se pronunciar sobre as decisões judiciais que beneficiam os agentes e escrivães da polícia do RN.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Homem morre em grave acidente de moto em Olho D’água

Um grave acidente foi registrado na tarde deste domingo, dia 23 de junho, na cidade de Olho D’água. Segundo as primeiras informaçõe...