terça-feira, 8 de janeiro de 2019

Bombeiros retiram helicóptero que caiu no Lago Corumbá, em Caldas Novas

Cerca de 10 bombeiros, sendo nove mergulhadores e embarcações atuam na operação. Investigação segue em andamento pela Polícia Civil e Cenipa
Do Mais Goiás, Goiânia | Postado em: 0
Equipes do Corpo de Bombeiros realizam na manhã desta terça-feira (8), uma operação para resgatar o helicóptero que caiu no dia 31 de dezembro, no Lago Corumbá, em Caldas Novas, região sul de Goiás. As buscas acontecem oito dias após o acidente, já que os bombeiros precisavam aguardar os trabalhos periciais do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa).
Ao todo, 10 bombeiros, sendo nove mergulhadores, além de três embarcações e seis viaturas estão empenhados na ocorrência. A princípio, foi demarcada a área de buscas e retirado os galões de combustíveis do helicóptero. Segundo a corporação, os galões retirados foram utilizados para injetar ar e provocar a flutuação da aeronave até a superfície.
Acidente
O acidente aconteceu na manhã de uma segunda-feira, 31 de dezembro. A aeronave moldeo R-44, de fabricação americana (Robison Helicopter Company), decolou de uma casa de temporada, alugada por turistas, e conforme o Registro de Atendimento Integrado (RAI), perdeu força enquanto atravessava o reservatório de água de uma hidrelétrica, ponto de lazer da cidade. O helicóptero que estava com dois passageiros a bordo ficou 18 metros debaixo da água.
O piloto foi resgatado por populares que estavam no local em um jet sky. O passageiro foi resgatado pelos bombeiros e encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de caldas novas, com ferimentos leves. Eles foram medicados e, posteriormente, receberam alta.
Investigação
Em nota, o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes aeronáuticos informou que a ação inicial do processo de investigação possui o objetivo de coletar dados como: fotografar cenas, retirar partes da aeronave para análise, reunir documentos e ouvir relatos de pessoas que possam ter observado a sequência de eventos. O órgão também afirma que o objetivo da investigação é de prevenir que novos acidentes com as mesmas características ocorram. A conclusão de qualquer investigação conduzida pelo CENIPA terá o menor prazo possível, dependendo sempre da complexidade do acidente.
Simultaneamente acontece uma investigação pela Polícia Civil (PC) que apura criminalmente a queda do helicóptero. O Mais Goiás entrou em contato com a Delegacia de Polícia Civil de Caldas Novas, mas até o fechamento desta matéria, não conseguimos contatos com os responsáveis pela investigação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

10º Homicídio em Mossoró 2019: Entregador é assassinado quando jogava baralho no Bairro Ouro Negro

A cidade de Mossoró, na região Oeste do Rio Grande do Norte, registrou por volta das 19h00min desta quarta feira, 16 de janeiro de 2019, u...