segunda-feira, 5 de novembro de 2018

SUSPEITOS CONFESSAM MORTE DE MENINO DE 1 ANO EM MOSSORÓ E AFIRMAM QUE ALVO ERA O PAI, DIZ DELEGADA



Os suspeitos de matarem um menino de 1 ano e meio na noite deste domingo (4) em Mossoró, na região Oeste potiguar, confessaram participação no crime e disseram que o alvo deles era o pai do garoto, informou a delegada Liana Aragão, que chefia as investigações sobre o caso. Anthony Calleb Bezerra da Silva estava com os pais em uma moto, quando a família foi alvejada pelos criminosos. O pai e a mãe também foram baleados, mas sobreviveram.

Dois homens de 21 e 23 anos foram presos pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e um adolescente de 17 anos detido pela Polícia Civil na tarde desta segunda-feira (5). Após depoimentos à Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa, os adultos foram encaminhados para a Cadeia Pública de Mossoró e o menor para um Ciad.

Segundo a delegada, os suspeitos afirmaram que saíram com o objetivo de matar o pai do menino, com quem tinham uma desavença. "É uma briga entre facções criminosas rivais. Eles disseram que o rapaz já tinha tentado matar um deles. Foram com o objetivo de matar o pai do menino", explicou a delegada.

Ainda de acordo com Liana Aragão, a polícia também já identificou o autor dos disparos: o rapaz de 21 anos de idade, que segue preso.

A mãe da criança também foi baleada e segue em estado grave, no Hospital Regional Tarcísio Maia. No final da tarde desta segunda (5), a mulher estava no centro cirúrgico aguardando vaga na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). O pai foi atingido com um tiro no braço e já está se recuperando.

O corpo da criança foi velado e sepultado por familiares ainda durante a tarde desta segunda-feira (5), na cidade da região Oeste.


Corpo de Anthony Calleb Bezerra da Silva, que tinha 1 ano e meio, foi velado por parentes e amigos da família em Mossoró

Prisões

Os homens de 21 e 23 anos são irmãos. Eles foram presos pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na tarde desta segunda-feira (5) quando viajavam em direção a Natal em um carro de lotação, na altura da cidade de Lajes, região Central do estado. Eles estavam com a arma que possivelmente foi a usada no crime, munições e maconha.

Segundo a Polícia Civil, o adolescente foi detido horas depois, na sua casa, em Mossoró.

O crime

O menino de 1 ano e meio morreu ao levar um tiro na cabeça. Ele chegou a ser socorrido por familiares a uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), mas não resistiu. Pai e mãe estavam com a criança em uma motocicleta, saindo da casa de parentes, quando foram atacados por homens armados.



Segundo a Polícia Militar, o atentado aconteceu por volta das 20h30, no bairro Malvinas, na frente de uma praça. Três homens, que também estavam em motocicletas, se aproximaram e fizeram os disparos contra a família, que seguia para casa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Rádio patrulha captura foragido da justiça em Assú após vias de fato

Após um chamado através do 190, informando de uma briga entre vizinhos na comunidade rural de Mutamba da Caeira, na tarde de sexta-feira, ...