quinta-feira, 4 de outubro de 2018

Advogado é preso após agredir mulher e arremessar filho de 10 meses ao chão em Natal


Um advogado foi preso em flagrante na tarde desta quarta-feira (3), em Natal, após agredir a mulher e jogar o filho de 10 meses de idade no chão, segundo a Polícia Militar. Os atos de violência teriam acontecido durante uma briga conjugal.
O homem chegou a fugir para a casa dos pais dele, levando o bebê, mas foi encontrado pela polícia. A criança foi recuperada e, com sangramento no nariz, foi levada ao hospital, onde passa por exames.
Segundo a PM, a mulher fez um chamado relatando que o marido havia agredido ela e o bebê e depois teria fugido levando o filho do casal em um táxi. A família mora em Candelária, na Zona Sul de Natal.
A esposa ainda afirmou aos policiais que acreditava que o suspeito tinha ido para a casa dos pais dele, no bairro Neópolis, também na Zona Sul. Após encontrarem o homem no local informado e fazer negociações, a polícia recebeu a criança por cima do muro do imóvel.
Como estava sangrando pelo nariz, a criança foi levada para o Hospital Promater, onde passa por exames.
Ainda de acordo com a PM, o homem ofereceu resistência e chegou a desacatar os militares, mas acabou preso e foi levado para a Central de Flagrantes da Polícia Civil, para prestar depoimento.
A presidência da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) no Rio Grande do Norte informou que foi à delegacia para garantir respeito aos direitos do advogado.
G1RN


Nenhum comentário:

Postar um comentário

O mototaxista Gerson Kennedy, de 23 anos, que estava desaparecido desde a última segunda-feira (12), após sair de Santo Antônio do Salto da ...