quarta-feira, 26 de setembro de 2018

Polícia Civil apreende 30 mil comprimidos de ecstasy na zona Sul de Natal


A Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) apreendeu mais de 30 mil comprimidos de ecstasy. O material foi apreendido em um flat em Ponta Negra, zona Sul de Natal, no último dia 28 de agosto. Ninguém foi preso.

Avaliada em R$ 2,5 milhões, a quantidade do entorpecente é a maior já apreendida pela Polícia Civil do RN.

De acordo com a polícia, o imóvel está alugado a Túlio da Silva Freitas e a Jonathan Cleófas Pinheiro da Câmara de Almeida. Ainda segundo informações policiais, o irmão de Jonathan já havia sido preso por tráfico.

Túlio é apontado pela polícia como integrantes de organização criminosa especializada no comércio ilegal de drogas sintética.

Mesmo sem ninguém no imóvel, a investigação indica que o local era utilizado como depósito de drogas há pelo menos 10 meses. O material foi submetido à perícia, que apontou alto teor de metanfetamina. Assim, possui grande potencial alucinógeno.

Além do ecstasy, a polícia apreendeu também porções de maconha e de skank. A polícia acredita que as drogas seriam comercializadas em festas na capital potiguar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Bandido obriga mãe a assistir o estupro brutal da filha durante assalto

Um crime bárbaro assustou moradores do Bairro Vila da Prata, em Manaus Uma jovem de 18 anos foi estuprada na frente da mãe e da filha qu...