quarta-feira, 4 de julho de 2018

Vices de Carlos Eduardo e Fátima serão definidos nos próximos dias


A última semana foi definições importantes para o pleito eleitoral deste ano. Já se sabe, por exemplo, que o PSDB vai apoiar a candidatura do governador Robinson Faria (PSD) e que o senador José Agripino (DEM) não será mesmo candidato à reeleição ao lado de Carlos Eduardo Alves (PDT). Contudo, novidades estão por vir no que diz respeito à vaga para vice dos principais candidatos, que devem começar a ser definidos nos próximos dias. Até o momento, a única coisa que se sabe são os nomes sugeridos pelos partidos aliados.

Na chapa de Carlos Eduardo, a indicação para vice-governador deve vir da prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini (PP). Segundo a jornalista Thaisa Galvão, de Natal, três seriam as sugestões da ex-governadora: o deputado federal Beto Rosado, o filho de Rosalba que hoje é pré-candidato a deputado estadual, Kadu Ciarlini, e a irmã de Rosalba, ex-deputada estadual Ruth Ciarlini. Ainda não foi definido, porém, se a palavra final será do pré-candidato Carlos Eduardo ou da própria Rosalba sobre quem é o melhor para compor a chapa.

A mesma dúvida está existe na chapa encabeçada pela senadora Fátima Bezerra, pré-candidata do PT ao Governo do RN. Segundo o PC do B, responsável pela indicação, haverá uma reunião no domingo para definir qual nome vai compor a chapa com a petista. As opções são o professor da UERN e empresário Gutemberg Dias; o procurador do Estado e presidente do PC do B, Antenor Roberto; o tabelião do município de Parnamirim, Airene Paiva e o professor e ex-secretário estadual de Esporte, Francisco Canindé França.

A questão curiosa é que em nota divulgada após a reunião do domingo passado, 1º de julho, o Partido dos Trabalhadores afirmou que a sigla já havia recebido as indicações do PC do B, mas que a decisão final seria da própria Fátima Bezerra “junto a instâncias partidárias”.

Dentre as principais candidaturas, a única que ainda tem dúvidas sobre o vice é a do atual governador Robinson Faria. Fábio Dantas, atual vice-governador, deverá ser candidato ao próprio governo, contra Robinson, deixando o espaço aberto para a indicação de algum aliado. Há a possibilidade de, caso não confirme o apoio a Carlos Eduardo, a indicação ser feita pelo PP de Rosalba, ou até do próprio PSDB, que declarou apoio na semana passada. Ou, ainda, de um dos partidos considerados “menores” e que estão ao lado do governador.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Rádio patrulha captura foragido da justiça em Assú após vias de fato

Após um chamado através do 190, informando de uma briga entre vizinhos na comunidade rural de Mutamba da Caeira, na tarde de sexta-feira, ...