segunda-feira, 2 de julho de 2018

Piloto diz ter feito pouso forçado após dois homicídios em pleno voo


A Polícia Civil do Pará e a Polícia Federal estão investigando as circunstâncias que forçaram o piloto de um avião executivo a fazer pouso forçado em um rio do sudoeste do Pará, em região de garimpos.

Segundo os investigadores, o piloto da aeronave contou, em depoimento, que houve dois homicídios em pleno ar, durante o voo.

O caso aconteceu na última quarta-feira (27), mas só chegou ao conhecimento das autoridades na sexta-feira (29), quando pescadores perguntaram a policiais militares de uma unidade da região se o piloto tinha procurado ajuda. Os policiais passaram a buscar informações sobre o suposto acidente e sobre o paradeiro do piloto, que estava hospedado em um hotel próximo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Rádio patrulha captura foragido da justiça em Assú após vias de fato

Após um chamado através do 190, informando de uma briga entre vizinhos na comunidade rural de Mutamba da Caeira, na tarde de sexta-feira, ...