terça-feira, 3 de julho de 2018

Geddel é levado à solitária por desacatar agente penitenciário


O ex-ministro Geddel Vieira Lima foi levado para a solitária do Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília, por ter desacatado um agente penitenciário durante uma revista pessoal. O caso ocorreu na noite da última terça-feira (27) e levou o político baiano a ser separado dos demais nove detentos que dividem a cela com ele.

Geddel teria se recusado a cumprir uma ordem do agente para que realizar um procedimento de rotina e chegou a ser encaminhado à 30ª Delegacia de Polícia, em São Sebastião, que registrou a ocorrência. O ex-ministro está preso no Presídio da Papuda desde setembro do ano passado. Ele é acusado de corrupção passiva, lavagem de dinheiro, organização criminosa e obstrução de investigação.

A prisão ocorreu após a descoberta das malas de R$ 51 milhões em um apartamento em Salvador, que seria utilizado como "bunker" pelo ex-ministro. Ele já cumpria prisão domiciliar desde julho do ano passado acusado de tentar obstruir a Justiça em uma investigação sobre desvios de fundos públicos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Rádio patrulha captura foragido da justiça em Assú após vias de fato

Após um chamado através do 190, informando de uma briga entre vizinhos na comunidade rural de Mutamba da Caeira, na tarde de sexta-feira, ...