quinta-feira, 24 de maio de 2018

Greve: aliados do governo temem reação das ruas


Aliados de Michel Temer no Congresso desfiaram um novelo de críticas ao governo após o fracasso das negociações desta quarta (23) pelo fim da paralisação dos caminhoneiros. Líderes de siglas da base disseram que, de dentro do Planalto, a equipe do presidente não conseguiu antever o perigo embutido em uma trava no abastecimento de diversos setores. As notícias de corrida por combustíveis, confusão em aeroportos e alta nos preços de alimentos despertaram o temor de reação das ruas.

A alta nas bombas dos postos desencadeou várias quedas de braço no governo. O presidente Michel Temer,  que tenta ganhar tempo para negociar, ficou premido entre correntes que querem corte de impostos e as que defendem uma intervenção na política da Petrobras.

Analistas do mercado viram com preocupação a notícia de que a Petrobras vai  reduzir e congelar o preço do diesel por 15 dias. Por mais que o presidente da estatal, Pedro Parente, tenha dito que a medida não foi discutida com o Planalto, ela levantou suspeitas sobre a independência da empresa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Suspeito conduzindo moto roubada se envolve em acidente de trânsito no Bairro Bom Jardim

Um elemento conduzindo uma moto roubada, se envolveu em um acidente de trânsito, na manhã desta sexta feira 24 de maio na Avenida Alberto ...