quinta-feira, 24 de maio de 2018

Dois dos oito acusados do assassinato da comerciante Lôba da Cobal vão a juri popular nesta quinta feira em Mossoró




O Tribunal do Juri Popular de Mossoró, julga nesta quinta feira 24 de maio, dois dos oito acusados do assassinato da comerciante Claudete Benício de Souza, a "Loba da Cobal", morta a tiros, quando chegava para trabalhar, no dia 03 de dezembro de 2016, por volta das 05h10min, na Rua das Carnaúbas, em frente ao Colégio Pequeno Príncipe no Bairro Paredões em Mossoró-RN.

Na sessão de hoje, serão julgados os réus, Johnatan Maxwell de Souza e Thayron de Morais Silva. Eles foram denunciados pelo Ministério Público, pelo assassinato da Lôba da Cobal e também por tentar matar o sobrinho dela, o jovem Ilmar Benício do Carmo, o "Pelsinho".

Dois advogados atuarão na defesa dos réus, são eles: Dr. Izaías Garcia de Oliveira na defesa de Johnatan Maxwell e Dr. Ricardo Luís da Costa vai trabalhar para absolver Thayron de Morais.

O Ministério Público será representado pelo Promotor de Justiça Dr. Armando Lúcio Ribeiro e na presidência do Tribunal de Juri Popular o Juiz Vagnos Kelly de Figueiredo.

 Os outros denunciados pela morte da comerciante, Moisés Morais de Góis, Oscar Martins de Aquino Júnior, Maycon Douglas Lima Silva, Lutcemberg Fauto Silva, Bruno Silva, o "Boneca" e Rodrigo Silva, serão julgados em outra ocasião.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PM's DO RN AMEAÇAM NÃO SAIR PARA AS RUAS NESTE FIM DE ANO

Com a negativa pelo TJRN de liberação dos recursos para pagamento dos servidores do Estado, sindicatos e associações dos agentes ameaçam r...