domingo, 29 de abril de 2018

Órbita da Terra já acumula 7,5 mil toneladas de sucata


No início de abril, a estação espacial chinesa Tiangong-1 – que pesava 8,5 toneladas e estava fora de controle e inoperante desde 2006 – caiu no Oceano Pacífico, chamando a atenção do mundo para a questão da sucata espacial. Mas, segundo estudos feitos pela Agência Espacial Europeia (ESA), o problema é bem mais grave do que a queda de um módulo em pane: a quantidade de lixo aumentou consideravelmente nos últimos anos, deixando o espaço orbital da Terra cada vez mais próximo do limite de saturação.

Em 60 anos de atividade espacial, mais de 5 mil lançamentos de foguetes fizeram com que a órbita da Terra ficasse repleta de dejetos. A ESA estima que satélites inoperantes, partes de foguetes, peças de espaçonaves e pedaços de objetos relacionados a missões espaciais já somam 7,5 mil toneladas de lixo orbital.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

HOMEM QUE ERA CARREGADOR E DESCARREGADOR DE CAMINHÕES FOI ASSASSINADO NA ZONA RURAL DE CARUARU.gpa

Um homem foi encontrado morto na noite desta sexta-feira (19), num matagal, no Sítio Campos, as margens da BR-232, na zona rural de Carua...