domingo, 29 de abril de 2018

Arquidiocese de Natal pede a fiéis que evitem dar as mãos e abraços durante missas, por medidas de prevenção da gripe

  Foto: Ilustrativa
Em virtude do crescimento das ocorrências de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), ocasionada pelo vírus H1N1 e Influenza A H3 sazonal, no estado do Rio Grande do Norte e em outras regiões do País, e considerando que todos têm responsabilidade de evitar situações e circunstâncias que facilitem o contágio, solicitamos às paróquias que tomem as seguintes medidas, até mandarmos dizer o contrário:



1) Evitar o aperto de mão durante a acolhida aos fiéis;

2) Não dar as mãos ao rezar o Pai-Nosso;

3) Omitir o abraço da paz;

4) Distribuir a comunhão somente sob uma espécie e diretamente nas mãos.

A isto, acrescentamos as “Medidas de prevenção” emitidas pela Secretaria Estadual de Saúde, através da Nota Técnica nº 02/2018 SUVIGE/CPS/SESAP-RN:

1. Higienizar as mãos com água e sabão, depois de tossir ou espirrar, após usar o banheiro, antes das refeições, antes de tocar nos olhos, boca e nariz;

2. Utilizar lenço descartável para higiene nasal;

3. Proteger com lenços (preferencialmente descartáveis a cada uso) a boca e o nariz ao tossir ou espirrar;

4. Evitar tocar nos olhos, nariz ou boca, após o contato com superfícies;

5. Manter os ambientes bem ventilados;

6. Evitar contato próximo a pessoas que apresentam sinais ou sintomas de influenza;

7. Orientar para que o doente evite sair de casa enquanto estiver em período de transmissão da doença (até 5 dias após o início dos sintomas);

8. Evitar aglomerações e ambientes fechados;

9. Repouso, alimentação balanceada e ingestão de líquidos.

Natal, 27 de abril de 2018.

Dom Jaime Vieira Rocha

Arcebispo Metropolitano de Natal

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Senado aprova proposta que suspende decreto das armas

Apesar da pressão do presidente Jair Bolsonaro, o Senado derrubou por 47 votos a 28 o decreto que flexibiliza as regras para o porte de arm...